ISAGS completa três anos de compromisso com a integração regional em saúde

07/08/2014

   O Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (ISAGS) completa três anos hoje, 25 de julho. A data marca os progressos do ISAGS na execução do Plano Trienal 2012-2015 e dá ênfase às áreas de Determinação Social da Saúde, Sistemas Universais e Economia Política da Saúde. Tais prioridades são o resultado do acúmulo das discussões realizadas durante o primeiro semestre de atividades do Instituto, quando foram realizadas cinco oficinas reunindo, ao todo, 207 especialistas dos 12 países membros da UNASUL, e também fruto da I Reunião do Conselho Consultivo do Instituto. O órgão é responsável por formular recomendações relativas ao planejamento, gestão, execução e avaliação dos programas desenvolvidos pelo ISAGS.  

    O aniversário do Instituto foi comemorado durante a IV Reunião do Conselho, que aconteceu entre os dias 23 e 24 de julho no Rio de Janeiro, ocasião em que será discutido o Plano Operativo Anual relativo a 2015, ano em que se encerra o Plano Trienal do Instituto.

Ações em 2014

    O ISAGS começou o ano centrando esforços na consolidação dos Sistemas Universais através da discussão do papel estruturante da Atenção Primária à Saúde. A experiência espanhola foi apresentada por José-Manuel Freire, chefe do Departamento de Saúde Internacional da Escola Nacional de Saúde do Instituto de Saúde Carlos III (Madri), em conferência que foi assistida em tempo real por 27 países. A conferência abriu o seminário ‘ Abordagens da APS e estratégias para permanência de profissionais em zonas remotas e desfavorecidas nos países da América do Sul’, que reuniu representantes dos 12 países em maio. Na oportunidade, o Instituto pôde apresentar os resultados do Mapeamento dos Modelos de Atenção Primária na região. A investigação em curso será consolidada em um livro, a ser lançado em 2015.

    Já na área da Determinação Social da Saúde, o ISAGS lançou no início de junho a convocatória da sua primeira revista científica. Com o tema ‘Pós-2015 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: a visão da América do Sul’, a publicação bilíngue pretende fomentar o debate político-estratégico sobre a construção da nova agenda das Nações Unidas e suas implicações para a saúde humana e ambiental, desde a perspectiva das nações sul-americanas. Os interessados devem encaminhar artigos, ensaios, debates e análises críticas redigidos em espanhol ou inglês para o e-mail revistapos2015@isags-unasur.org até 20 de agosto. A revista tem seu lançamento previsto para novembro.

    Ainda na área de DSS, o ISAGS realizará em 2014 seu primeiro curso. Voltado para gestores e lideranças dos países sul-americanos, o curso interdisciplinar ‘Políticas Públicas Intersetoriais e a Determinação Social da Saúde’ será realizado na modalidade semipresencial, com o auxílio de uma plataforma de Educação a Distância. O curso é resultado de uma parceria do Grupo Técnico de DSS com o Instituto, com o qual o ISAGS ainda desenvolverá um Banco de Indicadores.

    A área da Economia Política da Saúde planeja para outubro a realização do seminário ‘Propriedade Intelectual e Saúde Pública: reflexões e tendências na América do Sul’. O evento será realizado em Buenos Aires, Argentina, em parceria com o Grupo Técnico de Acesso Universal a Medicamentos (Gaumu), com o qual o ISAGS desenvolve também o Mapeamento de Capacidades Regionais de Produção de Medicamentos e de Políticas de Medicamentos.

    Com isso, o ISAGS espera dar passos decisivos no sentido de atingir os resultados esperados do Plano Trienal, que são a construção de massa crítica capaz de formular propostas que aliem o potencial de inclusão e integração regional e o fortalecimento das redes de conhecimento dos países da UNASUL.

Compartilhar