ISAGS suspende atividades: referendamos nossa história e encaramos os desafios do futuro

04/06/2019

O Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (ISAGS), uma organização intergovernamental com sede no Rio de Janeiro, fundada em 2011 pelo Conselho de Ministros da Saúde dos países membros da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) suspenderá atividades em 30 de junho 2019

Ao longo destes quase oito anos de vida institucional, o ISAGS tem lidado com a geração, produção e divulgação de conhecimento crítico, inovador e transformador em políticas e sistemas de saúde  para o fortalecimento do governo em saúde e a redução das desigualdades sociais.

Realizamos dezenas de workshops e seminários, com a participação de centenas de representantes dos Ministérios da Saúde, Ministérios das Relações Exteriores e outras entidades que contribuem para o cumprimento de nossa missão. Além disso, foram desenvolvidos dezenas de estudos sobre as áreas prioritárias do Instituto, além da publicação de livros e artigos jornalísticos relacionados a temas de saúde e desenvolvimento na América do Sul.

Dada a suspensão das nossas atividades, convidamos todas e todos a ler nossa produção disponível em três idiomas, uma vez que, embora estejamos fechando as portas, o caminho para a integração regional em saúde já está traçado e novas portas se abrirão para a continuidade do trabalho de aprofundar o direito à saúde de nossos povos sul-americanos.

Boa leitura!

¡Mucha gracias!-  Muito Obrigado!-  Thank you!

 

Cerimônia de reconhecimento

Nesta quinta-feira, 6 de junho, às 15h30, abrimos as portas para realizar uma cerimônia de apresentação das contribuições do ISAGS para integração sul-americana em saúde. Nossa diretora executiva, Carina Vance, tem a honra de convidar amigas e amigos do instituto para este momento. Por ocasião da suspensão das nossas

atividades, serão homenageadas instituições e indivíduos cujos esforços se somaram na caminhada da União das Nações Sul-Americanas, a Unasul, pela democratização do direito à saúde em nosso subcontinente.

Na pessoa da Vice-Presidente de Educação, Informação e Comunicação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Dra. Cristiani Vieira Machado, desejamos celebrar as parcerias construídas ao longo destes quase oito anos de história e reafirmar a importância do trabalho conjunto de instituições sul-americanas comprometidas com a saúde para todas e todos.

 

Teremos também a oportunidade de laurear o primeiro diretor executivo do ISAGS e ex-ministro da Saúde do Brasil, Dr. José Gomes Temporão, cujos anos de mandato foram marcados pelo afinco em estabelecer a missão da instituição e trabalhar por sua institucionalização plena. Finalmente, na figura do ex-ministro de Relações Exteriores do Brasil, Dr. Celso Amorim, serão reconhecidos os passos dados a partir da convergência de doze nações em torno do desejo de um instituto especializado em governo em saúde comprometido com a integração e a soberania dos países da América do Sul.

Compartilhar