Vigilância
em saúde

A partir da análise das mudanças epidemiológicas da América do Sul, a área de Vigilância em Saúde busca o fortalecimento das capacidades da vigilância na região, fortalecendo a resposta a situações de epidemias e de risco às populações dos países que compõem a UNASUL.

 

Temas de trabalho

 
– Riscos de desastres
 
– Doenças transmissíveis
 
–  Regulamento Sanitário Internacional

Eduardo Hage Carmo

Eduardo Hage Carmo

Formado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia, com mestrado em Saúde Coletiva e doutorado em Saúde Pública pela mesma instituição, Hage é membro do Painel de Especialistas e Assessor Ad Hoc da Organização Mundial da Saúde (OMS) para o Regulamento Sanitário Internacional (RSI), tema que também trabalha no ISAGS. O especialista esteve à frente do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis na Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil.

Notícias

20/09/2018

Estratégia “Fim da tuberculose”: principais desafios a serem alcançados

    Introdução A tuberculose é uma das principais doenças infecciosas no mundo e, representa uma das dez primeiras causas de morte, com estimativas de cerca de 1,6 milhões de mortes e 10 milhões de casos desta doença em 20171. Sua associação com a infecção pelo HIV e com algumas doenças crônicas não transmissíveis adicionaram […]

30/08/2018

A vigilância em saúde no marco da integração regional e sua contribuição para a melhoria das condições de saúde da população sul americana

A região sul americana tem apresentado um padrão epidemiológico que mantém algumas semelhanças com outras regiões e, ao mesmo tempo, com particularidades marcadas pela permanência de desigualdades sociais e suas consequências na saúde da população. Entre as semelhanças se destacam as mudanças nos indicadores demográficos (diminuição da mortalidade infantil, aumento na expectativa de vida ao […]

04/06/2018

ISAGS y OPS apoyan a la OMS en el desarrollo de guías para el monitoreo y evaluación del Reglamento Sanitario Internacional

Las organizaciones trabajan desde enero en el mecanismo que estará disponible en el segundo semestre de 2018 Entre 29 de mayo y 1 de junio, el especialista del ISAGS, Eduardo Hage Carmo, realizó una visita de trabajo a la sede de la Organización Panamericana de Salud (OPS/OMS) en Washington DC. El objetivo fue dar seguimiento […]

19/04/2018

Grupo Técnico de Vigilância e Resposta em Saúde da UNASUL se reúne em Assunção

Em 13 de abril, o grupo formado pelas autoridades de vigilância e resposta dos países da América do Sul realizou uma reunião na capital paraguaia. Além dos representantes de Argentina, Brasil e Paraguai (em pessoa) e Bolívia, Colômbia, Chile, Equador e Uruguai (virtualmente), o evento contou com a presença do especialista do ISAGS no assunto, […]

11/04/2018

Palavra do Especialista: Informação para a Ação – os desastres e a saúde na América do Sul

A mitigação dos efeitos dos desastres naturais é um dos eixos prioritários da atuação da saúde públicas na UNASUL e outros mecanismos e instituições que atuam na região. A Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Organização Pan-Americana de Saúde desenvolveram iniciativas que têm por objetivo fortalecer as capacidades de resposta, entre elas: “Proteger a […]

06/04/2018

O papel da vacinação na melhoria dos indicadores de saúde

Uma das maiores conquistas na Saúde Pública mundial tem sido a redução da mortalidade infantil em menores de cinco anos. Nas Américas, por exemplo, foi alcançada uma redução para este indicador de 42,5 mortes/1.000 nascidos vivos (nv) para 14,7 mortes por 1.000nv, entre 1990 e 2016 (OMS, 2017). Nos países da América do Sul esta […]