Grupos Técnicos - Acesso Universal a Medicamentos

Um grupo para desenvolver estratégias e planos de trabalho com vistas a melhorar o acesso a medicamentos na região sul-americana. Entre os resultados esperados para este GT estão: a elaboração de uma política de acesso a medicamentos e de recomendações para fortalecer a coordenação de capacidades produtivas na região; a redução de barreiras ao acesso; a formulação de uma proposta para a criação de uma política de preços, bem como a promoção da produção e uso de medicamentos genéricos, entre outros.

XXX

XXX

XXX

XXX

XXX

 

 

Coordenador: Argentina
Coordenador Alterno: Suriname

Notícias

15/06/2018

El problema del Desabastecimiento de Medicamentos Esenciales en el Contexto Global y Regional

El informe del Director General de la Organización Mundial de la Salud (OMS) presentado en la última Asamblea sobre escasez mundial de medicamentos y el acceso a ellos (A71/12) brinda alta relevancia a las situaciones que reconoce como escasez de medicamentos. Coinciden con las reportadas recientemente por los países suramericanos (estudio ISAGS UNASUR 2017) y […]

09/01/2018

Começa o Mapeamento de Capacidade Produtivas de Medicamentos e Insumos e Saúde da Região Sul-americana

Como Entidade Executora do projeto, o ISAGS apoiará o GAUMU para a execução bem-sucedida do projeto, que tem grande relevância para a região sul-americana no seu afã para contar como Sistemas Universais de Saúde, reconhecendo a saúde como um direito fundamental da sua população

06/01/2018

Regulação de Preços de Medicamentos na América do Sul: Resultados e Estratégias Concretas da Colômbia

Em geral, os medicamentos são um componente importante do gasto em saúde. Os dados sobre o total do gasto farmacêutico confirmam essa premissa e também mostram que essa proporção varia consideravelmente entre os países de baixa e alta renda, sendo 19.7% de participação em países de alta renda a 30.4% em países de baixa renda […]

07/12/2016

Balanço da Semana da Saúde UNASUL

Breve artigo de quatro dias memoráveis para a saúde da América do Sul: a aprovação do Banco de Preços de Medicamentos, a expansão da política de rotulagem de alimentos, as críticas unânimes à especulação da indústria farmacêutica em relação à hepatite C e o lançamento da revista mensal do ISAGS: Saúde ao Sul. Nunca antes […]

15/09/2015

UNASUL realiza oficina para desenvolvimento de banco de preços de medicamentos*

Ideia é criar uma rede internacional de intercâmbio de informação sobre compras, facilitando tomadas de decisões de gestores públicos, bem como garantindo o acesso irrestrito dos sul-americanos a remédios seguros