UNASUL, RINC e ISAGS dão a largada para a criação de uma plataforma de prevenção e controle do câncer de colo uterino

02/09/2016 - Manoel Giffoni

Na ocasião da visita do diretor executivo do ISAGS José Gomes Temporão à sede da Secretaria-Geral da UNASUL em Quito, Equador, foi assinado com o secretário Ernesto Samper a Carta Compromisso da criação da “Plataforma de Intercâmbio de Experiências e Assistência Técnica para Prevenção e Controle do Câncer de Colo Uterino na América do Sul”.

O ISAGS é a entidade executora do projeto, em parceria com a Rede de Institutos Nacionais de Câncer da UNASUL (RINC), e irá coordenar uma série de iniciativas como o mapeamento de práticas e ações, que irão culminar em uma reunião de especialistas sobre o tema com o objetivo de elaborar o Plano Regional de Ações Integradas.

Com duração de 8 meses, o projeto receberá recursos do Fundo de Iniciativas Comuns (FIC) da UNASUL e se insere no compromisso do Bloco em combater a doença que, somente em 2012, vitimou quase 50 mil mulheres no continente. Com prevenção correta, que inclui a vacinação contra o HPV, o câncer de colo do útero é quase 100% evitável, mas ainda tem uma alta incidência nos países menos desenvolvidos (87% do total de casos).

Ano passado, a UNASUL e o ISAGS lançaram a campanha “América do Sul livre do Câncer de Colo de Útero”, que contou com o apoio da primeira-dama do Peru Nadine Heredia.

Compartilhar